Quer receber informações e saber mais sobre os cursos, palestras, workshops, livro e outros projetos? Entre em contato.

 

  • Espaço Carla Brandão
  • instagram
  • LinkedIn

@2018 carlabrandao.net 

Buscar
  • Carla Brandão

Onda do podcast invade o seu celular

Essa mídia vai surpreender!

Você já ouviu algum podcast? A curiosidade a respeito dessa nova forma de comunicar invadiu as rodas de conversa, chamou a atenção das famílias e deixou uma pulga atrás da orelha dos comunicadores mais antenados.


Sim, pois o podcast é algo novo mesmo. Ele nasceu na Inglaterra em fevereiro de 2004 e chegou ao Brasil no mesmo ano, só que em outubro. O que torna um arquivo de áudio um podcast e não um programa de rádio, por exemplo, é a tecnologia empregada.


Podcast: disponibiliza conteúdo de forma prática e democrática

O Podcast veio para disponibilizar conteúdo de áudio de forma democrática, que embarca na onda do que chamamos de nicho. Já faz um tempo que a comunicação mais direta e eficaz é aquela direcionada, que atrai audiência de acordo com o interesse dela.


Sendo assim, todo mundo que ouve um podcast utiliza a tecnologia RSS, que permite downloads automáticos de um arquivo de áudio. Ou seja, o que se quer ouvir está a um clique, principalmente no celular. Então, estava feito o casamento perfeito para dias em que se tem pouco tempo para absorver o máximo de informação: se conectar a conteúdos de áudio, consumidos enquanto se pode fazer outra tarefa, como dirigir, lavar louças ou aguardar o atendimento em um consultório médico.


Me interessei pelo formato depois que lancei meu livro, isso aconteceu em 10 de novembro do ano passado. Como sou inquieta, me apropriei do formato para ampliar e dar voz a histórias de superação e bate papos divertidos sobre coragem. Sim, esse é o meu tema predileto. Arregacei as mangas e em 04 de julho desse ano qualquer pessoa poderia entrar na minha trilha… a “Trilha da Coragem”.

Segundo o IBOPE, quatro entre 10 internautas já ouviram algum podcast, mas confesso que nem meus amigos e parentes estão familiarizados com essa maravilha. Digo isso porque quem não quer aprender coisas novas, de maneira informal, sob demanda e podendo fazer outras coisas enquanto ouve? Juntou o engajamento com otimização de tempo, resultado: aderência.


O podcast só cresce e, por ser democrático, atrai audiência, patrocínio e gente interessada em se fazer ouvir. Não é à toa que a procura pelo curso que farei está grande. Me propus a encaixar todo o meu aprendizado e pesquisa para transformar uma pessoa que tiver algo a dizer em um podcaster.


Pesquisa realizada ano passado conta que a predominância de público desse formato é, na sua maioria, masculina, com idade entre 30 e 39 anos, na maioria solteiros e com ensino superior. Os podcasts de humor têm a maior fatia do mercado hoje e o público se concentra no estado de São Paulo. A grande inovação do meio de comunicação é dar ao ouvinte o poder de ouvir o que quer, na hora que deseja.


Certamente a mídia irá crescer, atrair patrocinadores e mais audiência. Há muitas possibilidades a serem exploradas e a melhor parte é que eu ou você poderemos inserir isso, a qualquer momento.



Jornalista, radialista e pós-graduada em mídias sociais. Life coach certificada, palestrante e professora universitária. Criadora do Podcast Na Trilha da Coragem, onde recebe, semanalmente, um convidado para contar histórias de superação e de sucesso. No canal, também repercute textos do livro #DoeCoragem – Manual Divertido de Viver o Agora, de sua autoria.


22 visualizações